Resumo

Ali Yezzid Izz-Edin Ibn-Salin Malba Tahan, famoso escritor árabe, descendente de uma tradicional família muçulmana, nasceu no dia 6 de maio de 1885 na aldeia de Muzalit, próxima da antiga cidade de Meca. Fez seus primeiros estudos no Cairo e, mais tarde, mudou-se para Constantinopla onde concluiu oficialmente seu curso de Ciências Sociais.

Datam dessa época a publicação de seus primeiros trabalhos literários, no idioma turco, em diversos jornais e revistas. A convite de seu amigo, o Emir Abd El-Azziz Ben Ibrahim, exerceu Malba Tahan, durante vários anos, o cargo de “quaimaquam” na cidade de El-Medina, tendo desempenhado suas funções administrativas com rara inteligência e habilidade. Conseguiu, mais uma vez, evitar graves acidentes entre os peregrinos e as autoridades locais, procurando sempre dispensar valiosa e desinteressada proteção aos estrangeiros ilustres que visitavam os lugares sagrados do Islam. Com a morte de seu pai, em 1912, recebeu Malba Tahan uma grande herança; abandonou, então, o cargo que exercia em El-Medina e iniciou uma longa viagem através de várias partes do mundo.

Atravessou a China, o Japão, a Rússia, grande parte da Índia e Europa, observando os costumes dos diferentes povos. Entre suas obras mais notáveis citam-se as seguintes: Roba-el-Khali, Al-Saneir, Sama-Ullah, Maktub, Lendas do Deserto e muitas outras. Faleceu em combate, em julho de 1921, nas proximidades de El-Riad, quando lutava pela liberdade de uma pequena tribo na Arábia Central.

arabe-1
Leia mais sobre Malba Tahan:

Notícias do escritor

Leia também:

Biografia de Julio Cesar de Mello e Souza