Malba Tahan e Julio Cesar de Mello e Souza

Malba Tahan e Júlio Cesar de Mello e Souza foram a mesma pessoa? Seria Malba Tahan o pseudônimo de Julio Cesar? Por que razão se diz que o famoso escritor árabe, Ali Yezid Ibn-Abul Izz-Eddin Ibn-Salin Malba Tahan, descendente de uma tradicional família muçulmana, nascido no dia 6 de maio de 1885, na aldeia Muzalit, teria sido uma mistificação literária do escritor e professor Julio Cesar de Mello e Souza, nascido na cidade do Rio de Janeiro, em 6 de maio de 1895?

A trajetória biográfica do mais célebre escritor de contos árabes e professor de matemática do Brasil, assim como a biografia da misteriosa criação de seu personagem, Malba Tahan, é o que você irá conhecer nessas paginas. Julio Cesar de Mello e Souza e Malba Tahan – um professor e seu interlocutor, duas histórias e um só legado. Talvez sem a mistificação literária, o professor Mello e Souza nunca teria conseguido popularizar o Ensino da Matemática, transformando a disciplina da decoreba em matéria curiosa e divertida, que teve no livro “O Homem que calculava” seu mais espetacular exemplo. “Só Malba Tahan faria obra assim, encarnação que ele é da sabedoria oriental – obra alta, das mais altas, e só necessita de um país que devidamente a admire; obra que ficará a salvo das vassouradas do Tempo como a melhor expressão do binômio ‘ciência-imaginação’, afirmou certa vez Monteiro Lobato, resumindo o que melhor se poderia dizer sobre a personalidade e o talento do nosso autor.

Conheça a biografia de Malba Tahan

Conheça a biografia de Julio Cesar de Mello e Souza